Ocorreu um erro neste gadget

2010-07-14

SEMPRE TE VI. SEMPRE TE AMEI.

.

 Welington Almeida Pinto


sempre te amei -




Oh, linda e formosa mulher,
aí distante em sitio alheio,
o que andas a pensar
nesse dia de sol tímido?




Amada ausente,
por ti elevo desejos intensos.
Crio festas. Crio danças.
Crio cantigas cheias de infância.
Bela menina de adulta alma,
Não digas nada.
Em nada dizer
basta o amor querer.


Ainda que distante,
Perto fico de ti.



• FBN© 2007 * Sempre te vi. Sempre te amei. - Categoria: poesia. Autor: Welington Almeida Pinto